Logo NHL Brasil

Nas últimas duas temporadas a equipe de LA vem sofrendo com um desempenho inconstante. Seria a hora para algumas mudanças?

24-10-2019 | Publicado por: Caique Tomiya

Los Angeles Kings - Decisões a tomar!

O Los Angeles Kings sem dúvidas está no hall dos vencedores desta década após conqusitar por duas vezes a Stanley Cup. A equipe que passou por uma reestruturação durante o início da década de 2000 se viu fora dos playoffs por 6 temporadas consecutivas (2003-2009). A mudança no cenário se iniciou, por assim dizer, com a chegada dos jogadores que viriam a formar o "core" que venceria a Stanley Cup: Jeff Carter e Dustin Brown em 2003, Anze Kopitar e Jonathan Quick em 2005 e o defensor Drew Doughty em 2008. Menções honrosas ainda a Jake Muzzin e Tyler Toffoli, também draftados pelos Kings e também ao veteranos Justin Williams e Marian Gaborik que chegaram para integrar a equipe à época. Foi uma grande época sem dúvidas para a franquia de Los Angeles, porém as coisas mudaram...

Já após a última conquista da equipe, os Kings ficaram de fora dos playoffs na temporda 2014-2015 e de lá pra cá foram mais duas eliminações no primeiro round e duas temporadas sem chegar aos playoffs, incluindo a última (2018-2019), onde a equipe começou a temporada como uma "sensação", muito por conta da chegada da estrela russa Ilya Kovalchuk, que retornava a NHL. Porém o que se viu foi um verdadeiro show de horrores. A equipe dos Kings não mostrou consistência em momento algum da temporada, tendo figurado durante toda a temporada na parte baixa da tabela e vendo veteranos uma vez consagrados, tendo desempenhos pífios e acabando por se tornar um peso para a equipe. 

Os Kings terminaram com a segunda pior campanha da liga e as esperanças de adquirir o talentoso Jack Hughes ou Kaapo Kakko foram por água abaixo quando a equipe foi sorteada "apenas" com a 5ª escolha geral. Após o Draft, muito se especulou sobre as movimentações que a equipe viria a fazer, com o objetivo primário de abrir espaço em seu CAP e se desfazer de alguns medalhões para conseguir escolhas de Draft e/ou prospects. Ainda na metade da última temporada, a equipe trocou o defensor Jake Muzzin para o Toronto Maple Leafs por uma escolha de 1ª rodada no Draft de 2019 e o jovem Carl Grundstrom. Porém as negociações pararam por aí e os Kings voltaram basicamente com a mesma equipe para esta temporada. 

E então,  de técnico novo, alguns jovens selecionados, a equipe começou a temporada 2019-2020 da mesma forma: Instável.

Pois bem, aqui é aonde este texto deixa de lado os FATOS e entra no campo da OPINIÃO deste que vos escreve:

O Los Angeles Kings precisa aceitar que o momento não é bom e acelerar algumas mudanças, principalmente no que diz respeito aos veteranos Jeff Carter, Jonathan Quick, Dustin Brown e Ilya Kovalchuk. Juntos os três somam mais de 23 milhões na folha de pagamento dos Kings e o retorno tem sido longe do esperado. Abaixo, listaremos os jogadores, e possíveis "preços"  incluindo apenas escolhas de draft e destinos para os mesmos.

 

Jeff Carter

Resultado de imagem para jeff carter

O veterano central vem de pelo menos 2 temporadas muito em baixa. Após sofrer uma lesão horrível na última temporada, Carter tenta recuperar o bom jogo de outrora. 

Preço: Uma escolha de 2ª rodada + uma escolha de 6ª rodada do Draft
Possíveis destinos: New York Rangers, Montreal Canadiens ou Winnipeg Jets

 

Jonathan Quick

Resultado de imagem para jonathan quick

Quick foi um dos grandes goleiros da década atuando pelos Kings, mas viu seu rendimento cair muito nos últimos anos, principalmente pelo mal desempenho da equipe, que o vem deixando exposto. Um recomeço em uma nova equipe pode ser muito positivo para o goleiro e para a equipe que o adquirir. Lesões também se fizeram presentes no cotidiano do goleiro que vinha tendo dificuldades de conseguir uma boa sequência. 

Preço: Uma escolha de 1ª rodada + uma escolha de 5ª rodada do Draft
Possíveis destinos: Colorado Avalanche, Carolina Hurricanes, Columbus Blue Jackets ou Edmonton Oilers 

 

Dustin Brown

Resultado de imagem para dustin brown kings espn

O antigo capitão dos Kings é talvez o jogador citado que esteja em melhor forma recente. Nas últimas duas temporadas Brown voltou a mostrar seu jogo agressivo e produtivo, tendo passado da casa dos 50 pontos e perdido pouquíssimos jogos por lesão. O que pesa contra o jogador é seu contrato se estende por mais 3 anos e pode vir a pesar, caso o jogador caia de produção novamente. 

Preço: Uma escolha de 2ª rodada no Draft OU Uma escolha de 3ª rodada + uma escolha de 6ª rodada no Draft
Possíveis destinos: Ottawa Senators, Columbus Blue Jackets  e Edmonton Oilers*

*No caso dos Oilers, sabemos que a equipe tem problemas de CAP, mas uma ou outra peça poderia ser movida dentro de uma troca, como por exemplo Sam Gagner, parar abrir espaço, e há sempre a possibilidade dos Kings reterem salário, usem a imaginação! ;) 

 

Ilya Kovalchuk

Resultado de imagem para ilya kovalchuk

Talvez o caso mais complexo, devido a clásula de "No Movement", Kovalchuk não impressionou no seu retorno a NHL, tendo anotado modestos 34 pontos. O jogador mostrou lampejos do que costumava ser, mas os problemas dos Kings e os problemas do jogador com o ex treinador John Stevens. Apesar da NMC, Kovalchuk no entanto poderia abrir mão da cláusula caso uma troca o enviasse para um time com possibildiades de playoffs. Vamos fazer dois cenários individuais para uma possível troca do jogador:

New York Islanders: Casey Cizikas + escolha de 2ª rodada + escolha de 4ª rodada por Ilya Kovalchuk 
Montreal Canadiens: Jonathan Drouin por Ilya Kovalchuk + escolha de 3ª rodada + 5ª rodada
Colorado Avalanche: Uma escolha de 1ª rodada no Draft OU Duas escolhas de 2ª rodada no Draft por Ilya Kovalchuk 

"Mas vai trocar esses jogadores por picks e como fica?" 

Bem, os Kings no momento possuem ótimos talentos jovens, que em pelo menos dois anos estarão prontos para a NHL, entre eles o defensor Tobias Bjornfot, que inicialmente voltaria para a Suécia, mas impressionou durante os training camps e pré temporada, e agora está já no time afiliado da AHL. O central Alex Turcotte, selecionado como 5ª escolha geral voltou para a NCAA por mais uma ano, mas logo deve estar ao menos na AHL para iniciar a transição, além dos talentoso Gabriel Vilardi, Rasmus Kupari e Carl Grundström. Além disso, a partida de alguns desses nomes, possibilitaria a equipe de buscar nomes durante o período de Free Agency para estruturar o elenco. 

E aí, será que o Los Angeles Kings vai se mexer e iniciar uma reestruturação de seu elenco?!

Lembrem-se: Tudo o que foi escrito em relação aos jogadores, trocas e valores, são de opinião do autor do texto. 


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as para saber o que é impróprio ou ilegal.